A arte do Jujutsu

Arte do Jujutsu
Créditos Imagem
Licença: 
CC Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.0

O Jujutsu é uma das artes marciais mais difíceis de dominar e é também uma das mais eficazes. Conheça a arte do Jujutsu, algumas das suas técnicas e a sua filosofia e saiba o porquê desta arte marcial ser aplicada somente como último recurso.

O que é o Jujutsu?

O Jujutsu é uma arte marcial conhecida como Ju-Jitsu, Jiu-Jitsu, ou Jiujitsu e revela um método de combate corpo a corpo muito eficaz, que começou a ser utilizado pelos samurais no antigo Japão.

O termo Jujutsu é uma palavra japonesa que deriva da combinação da palavra “Ju” que designa suavidade, adaptabilidade e flexibilidade, com a palavra “jutsu” que significa arte. Dessa forma, o Jujutsu é a arte da flexibilidade e da adaptação e, entre as artes marciais existentes, é uma das mais antigas e eficazes. Trata-se de um sistema de luta bastante completo, onde a força e o tamanho dos seus praticantes não são aspetos relevantes, pois uma pessoa fraca e pequena consegue dominar e derrotar um ou mais agressores mesmo que sejam maiores e mais fortes.

As técnicas do Jujutsu

O Jujutsu apresenta um vasto leque de técnicas de batimentos (punhos, pontapés, cotoveladas e joelhadas), projeções, chaves de braço, luxações e estrangulamentos. Contudo, também permite defesas contra ataques com armas, bastão (tanbo), faca (tanto), bastão médio (hanbo), outras armas e técnicas de luta no chão, onde, por norma, terminam os confrontos físicos.

Independentemente da distância que separa dois jujutsukas e perante um determinado ataque, um praticante de Jujutsu pode reagir e atacar de maneiras totalmente diferentes:

Depois do ataque (GO-NO-SEN). Quando um indivíduo tem uma reação tardia ao ataque que lhe foi feito. É uma forma de apanhar o adversário desprevenido e ainda a recompor-se do ataque que havia lançado;

Ao mesmo tempo que o ataque (TAI-NO-SEN). Quando o ataque e a resposta são imediatos e simultâneos. É a perceção do ataque no mesmo momento em que ele se produz, desencadeando-se uma rápida reação;

Antes que se inicie o ataque (SEN-NO-SEN). É a perceção do ataque antes de ele ocorrer. A observação atenta dos movimentos do adversário permite captar a sua intenção de ataque e a resposta é dada no momento em que o adversário se prepara para atuar. Esta é uma das técnicas mais difíceis de serem executadas e, para a conseguir realizar, o praticante não deve ser influenciado por nenhuma circunstância.

Estas técnicas foram desenvolvidas unicamente para serem aplicadas em defesa pessoal e à volta do princípio que se deve utilizar a força do inimigo contra ele próprio em vez de enfrentá-lo.

O Jujutsu é assim uma das artes marciais mais importantes de todo o mundo e constitui a base para muitas das artes marciais mais modernas, incluindo o Judo, o Karaté e o Aikido.

A Filosofia do Jujutsu

O Jujutsu é uma arte marcial que dota os seus praticantes de conhecimentos e técnicas de combate avançadas, que lhes permite causar danos graves nos seus adversários. Cada praticante, se pretender, decide o tipo de dor a infligir aos seus oponentes, sem que exista qualquer tipo de ferimento visível. Isto significa que o Jujutsu é uma arte marcial letal que deve ser sempre utilizada da maneira mais acertada possível. É por causa deste enorme potencial que a prática do Jujutsu obedece à filosofia da não-violência e respeita o pacto da não-agressão gratuita.

Atualmente, o Jujutsu mantém o seu espírito e a sua tradicional eficiência, embora adaptada às situações existentes na realidade.

O compromisso no Jujutsu

Todos os jujutsukas comprometem-se a proteger o seu semelhante, sem nunca utilizar os seus conhecimentos como forma de ataque, pois o confronto físico deve ser evitado sempre que possível. Nesse sentido, todos os praticantes adotam uma atitude de autocontrolo que os ajudam a evoluir e a tornarem-se melhores pessoas na sociedade, evitando conflitos desnecessários. Para atingir este estado de pureza, um jujutsuka deve trabalhar a sua mente e ser paciente, procurando sempre a paz e a confiança interior. Um praticante devidamente instruído faz tudo o que for possível para evitar um confronto físico, não somente porque ele sabe que um confronto é desnecessário, mas também porque tem o conhecimento que se defende melhor que os demais.

As principais vantagens da prática do Jujutsu

A prática do Jujutsu traz consigo inúmeras vantagens para todos os seus praticantes. Das mais importantes, evidenciam-se as seguintes:

  • Permite a realização de esforços motores (coordenação, agilidade, flexibilidade, força, velocidade, resistência) até uma idade muito avançada e contribui para a manutenção de uma forma física e mental invejáveis;
  • Melhora o estado de saúde geral, nomeadamente o rendimento do coração, pulmões, músculos, o metabolismo e o sistema endócrino;
  • Permite o trabalhar da moral, sem qualquer tipo de vício e cultiva uma filosofia de paz e harmonia. O Jujutsu permite reduzir a energia Yang (mau caráter, agressividade, entre outros) e tonifica a energia Yin (passividade, timidez, indecisão perante a vida, entre outros);
  • Possibilita a obtenção de um nível de autocontrolo muito elevado e promove a felicidade e o bem-estar de todos os praticantes;
  • Facilita a adoção de uma atitude vigilante e de alerta constante, o que possibilita uma maior disciplina;
  • Garante uma harmonia em todas as ações, aprimora os reflexos de todos os praticantes e constitui-se como uma alternativa excelente no combate ao stress do quotidiano.

A sua votação: