História do Aikido

Aikido
Créditos Imagem
Licença: 
CC Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.0

O Aikido é mais do que uma arte marcial, é uma autêntica filosofia de vida para todos os seus praticantes. Conheça a história do Aikido e as suas características principais e compreenda o porquê desta arte marcial ser tão diferente das demais.

O Aikido é uma arte marcial japonesa que surgiu após a segunda guerra mundial pelo mestre Morihei Ueshiba, a quem todos os praticantes apelidam de Ô-Sensei, o “grande mestre”.

Ele foi considerado um guerreiro exemplar e tornou-se mestre em vários estilos como, por exemplo: jiujitsu, judo, Daitoryu Aikijiujitsu e também no manuseamento da espada e da lança. Contudo, apesar das suas capacidades físicas e marciais impressionantes, nunca se reviu em nenhuma das artes praticadas.

A sua vontade em ir mais além e a esperança de encontrar um significado mais abrangente para a vida, em conjunto com todos os ensinamentos e treinos que foi recolhendo ao longo de décadas, permitiram-lhe criar as bases daquela que ele considerava ser a arte da paz: o Aikido.

Esta arte marcial foi criada única e exclusivamente para ser utilizada como um recurso de defesa pessoal e o seu objetivo principal passa por evitar qualquer tipo de confronto. A melhor maneira de o fazer passa por neutralizar as ações atacantes dos adversários, devolvendo a força que é empregue nos seus golpes contra eles próprios.

Desta forma, o Aikido promove duas correntes fundamentais que todos os praticantes devem seguir. São elas:

  • O compromisso da resolução pacífica dos conflitos;
  • O compromisso do autocontrolo físico e mental através da dedicação ao treino, de modo a descobrirem-se a si próprios.

Apenas no ano de 1942 é que esta arte foi oficialmente reconhecida (depois de ter sido apelidada de "Aikibudô" e "Aikinomichi") e desde então que se tornou uma das artes marciais mais apreciadas e estudadas.

As características principais do Aikido

O Aikido é uma arte marcial que tem características muito peculiares. São elas:

  • O Aikido não é praticado como uma forma de combate, pois esta arte foi criada para ser utilizada como um recurso de defesa pessoal. No entanto, a sua natureza pacífica não deve ser confundida com uma natureza fraca e passiva, pois os golpes desta arte marcial podem causar sérios danos físicos ao agressor se forem realizados com essa finalidade.
  • O Aikido tem como princípio capital a não-agressão (ao contrário de outras artes marciais, como por exemplo, o vale tudo) e o partir em busca das melhores soluções pacíficas para os conflitos existentes, independentemente destes se desenrolarem no interior ou exterior de um indivíduo. O termo em si é composto por três elementos que apresentam um significado específico: Ai (harmonia), Ki (energia) Do (caminho).
  • É uma arte marcial que se distingue pela sua subtileza, eficácia e complexidade técnica, uma vez que se aproveita da força do oponente para anular os seus próprios ataques, isto é, utiliza a força que é empregue nos golpes dos adversários contra eles próprios.
  • Os movimentos da arte da paz são baseados em três figuras geométricas: o triângulo, o círculo e o quadrado. Um praticante deve desenvolver uma postura triangular, pois é a que é mais estável e representa a geração de energia e o poder de iniciativa. O círculo simboliza a união, serenidade e a perfeição e é fonte de técnicas ilimitadas. No que diz respeito ao quadrado, ele retrata a base sólida do controlo que o praticante exerce sobre os seus adversários. Os movimentos do quadrado são os mais difíceis de executar, mas também são os mais sólidos e consistentes.
  • Trata-se de uma disciplina marcial que desenvolve a autoconfiança, a serenidade e o bem-estar de todos os seus praticantes. Como tal, os aspetos que são mais trabalhados são a atenção, o olhar, a respiração e a atitude.
  • No plano físico, o Aikido melhora a capacidade aeróbica, a flexibilidade do corpo, resistência muscular e a coordenação de movimentos. No plano psicológico, permite a redução dos níveis de stress, melhora a concentração, disciplina e intuição de todos os praticantes.
  • Na prática do Aikido não existe uma relação de vencedor/vencido, pois a essência desta arte marcial passa pela criação de um resultado positivo e pacífico, sem causar prejuízo a qualquer uma das partes envolvidas no conflito.
  • O Aikido não promove qualquer tipo de competição ou torneio, pois assim evitam-se comparações desnecessárias entre os seus praticantes. Aos praticantes incute-se apenas a obrigação de superar as suas maiores dificuldades e o enfrentar dos seus medos principais.
  • É uma arte marcial que é praticada tanto por pessoas do sexo masculino como do sexo feminino e desperta a curiosidade de pessoas de todas as idades.
A sua votação: